tv1
dengue
corte de luz

Ao ter luz cortada morador retira escada de técnico e o deixa ‘pendurado’ em poste

Por meio de nota, a Companhia explicou que “repudia todo e qualquer ato de violência, assim como ações que venham a colocar em risco a vida de pessoas que estão atuando na prestação de serviços em todo o Estado

02/05/2019 19h12Atualizado há 2 meses
Por: Redacao
Fonte: BHAZ
2.097
(Foto; Reprodução/Facebook)
(Foto; Reprodução/Facebook)

Viraliza pelas redes sociais, desde a tarde dessa segunda-feira (29), um caso inusitado ocorrido na cidade de Barcarena, a 114 km de Belém, no Pará. Um morador do bairro Comercial retirou a escada usada por um funcionário da Companhia Elétrica do Pará (Celpa) para subir em um poste e o deixou pendurado na estrutura. Segundo a imprensa local, o técnico ficou preso por um cinto de segurança no momento em que cortava a energia elétrica da casa do responsável pela retirada escada. O assunto tem dado o que falar e divide opiniões entre internautas.

<script src="//audio.audima.co/audima-widget.js" defer></script>

O repórter Carlos Baía, morador da cidade, relatou o caso por meio do Facebook. “Não é pra rir, o caso é preocupante e com apimentada irresponsabilidade de quem não pensou nas consequências”, escreveu logo no início da publicação. Segundo ele, o morador argumentou que estava com a conta em dia e que por tal motivo não poderia ter a luz cortada.

“Que o consumidor estava revoltado com o fato isto é notório. Mas, por outro lado, tentando buscar de forma incorreta seus direitos, poderia causar a morte de um pai de família, que ali cumpria apenas ordens superiores. Se este cidadão cai, bate a cabeça e falece? Se cai e fica com problemas físicos ou mentais? Se este é eletrocutado durante a ação revoltosa do consumidor?”, apontou em outro trecho da postagem. Confira a publicação na íntegra abaixo!


O post a respeito do caso foi parar em outras páginas e tem dividido opiniões na web: de um lado, há quem diga que o morador responsável por retirar a escada perdeu totalmente a razão. De outro, há quem argumente que, apesar de ter errado, o homem não cometeu nada grave, já que o funcionário estava resguardado por um cinto preso ao poste. Alheios à segurança do prestador de serviços da Celpa, outros dão risada da situação. E você, o que acha?

Por meio de nota, a Companhia explicou que “repudia todo e qualquer ato de violência, assim como ações que venham a colocar em risco a vida de pessoas que estão atuando na prestação de serviços em todo o Estado”. Veja a nota na íntegra abaixo!

“A Celpa informa que repudia todo e qualquer ato de violência, assim como ações que venham a colocar em risco a vida de pessoas que estão atuando na prestação de serviços em todo o Estado. Sobre a referida situação, a concessionária está acompanhando junto às autoridades as apurações e tomará as medidas legalmente cabíveis para que práticas desta natureza sejam coibidas”.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Vicentina - MS
Atualizado às 19h38
20°
Muitas nuvens Máxima: 24° - Mínima: 12°
20°

Sensação

13.5 km/h

Vento

47%

Umidade

Fonte: Climatempo
carros
dourados agora
Municípios
Últimas notícias
donadela
Mais lidas
preto