dengue
tv1
a maldade não para

Deputados estaduais votam contra professores em pacote de maldades do Azambuja. veja como cada um votou

10 de julho de 2019 aonça

10/07/2019 14h59
Por: Redacao
Fonte: a onça
2.119
Ilustração
Ilustração

Os deputados estaduais votaram a favor de um pacote de maldades contra os professores do Estado. O pacote inclui desde a redução de 30% do salário dos professores convocados além da retirada de assistência médica da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado). O pacote de maldades passou em primeira votação em regime de urgência antes do recesso parlamentar.

Uma CI (Comunicação interna) foi enviada a diretoria da Cassems informando que o governo não irá mais autorizar o repasse do valor participativo descontado em folha dos convocados. “Logo, não teremos mais direito a aderir e utilizar o plano médico. Ainda não se sabe quando deixaremos de ter direito ao plano, se será já para o 2° semestre deste ano ou para o ano que vem. A entrada de convocados no plano a partir de agosto/2019 já está vetada”, contou uma professora que enviou a mensagem para a reportagem.

Entre os deputados, apenas 4 foram a favor dos professores, sendo eles os petistas Pedro Kemp e Cabo Almi, o professor Rinaldo (PSDB) e Capitão Contar do PSL. Na imagem abaixo você confere como cada um votou.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Vicentina - MS
Atualizado às 08h37
14°
Poucas nuvens Máxima: 25° - Mínima: 11°
14°

Sensação

22.8 km/h

Vento

57.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
carros
dourados agora
Municípios
Últimas notícias
donadela
Mais lidas
preto