Quarta, 23 de Junho de 2021 11:52
Turismo Mato Grosso do Sul

Global Big Day tem participação recorde no MS e até registro novo de ave para o estado

No último sábado (08) aconteceu a celebração anual das aves ao redor do planeta, o Global Big Day, quando observadores de aves de todos os cantos d...

14/05/2021 16h50
217
Por: REDAÇÃO Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

No último sábado (08) aconteceu a celebração anual das aves ao redor do planeta, o Global Big Day, quando observadores de aves de todos os cantos do mundo se esforçam para registrar o maior número possível de espécies em 24 horas. Para saber quem ou qual lugar no mundo conseguiu registrar o maior número em espécies, todas as aves devem ser registradas no site ebird.org/globalbigday, onde o observador de aves pode também acompanhar os relatórios de mais de 170 países em tempo real. Qualquer pessoa pode participar e de forma gratuita.

Mato Grosso do Sul não ficou de fora e registrou um recorde local de observação desde a criação desse formato de evento, em 2015, pelo Laboratório de Ornitologia de Cornell, Estados Unidos. Foram 259 espécies registradas pelos observadores sul-mato-grossenses e até um registro novo de ave para o Estado: a saíra-preciosa, avistada no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, região sul, pelo guarda-parque Reginaldo de Oliveira.

O Instituto Mamede de Pesquisa Ambiental e Ecoturismo, contribuiu com a mobilização e organização de uma rede de observadores de aves distribuídas pelo MS para o Global Big Day, envolvendo observadores de aves, instituições e coletivos como o Avistar MS, as Cunhataí Guyra - Mulheres Observadoras de Aves do MS, Clubes de Observadores de Aves (COAs), Projeto BiodiverCidade/UFGD, Biofaces e Passarin Web, além de Pousadas e Parques. Essa equipe intergeracional e interinstitucional montou um grupo de apoio viawhatsapppara distribuição de guia ilustrativo para identificação de aves, suporte de especialistas de identificação de aves, cursos rápidos de utilização de aplicativos como e-Bird e Merlin, tudo ativo nas 24 horas de observação de aves.

A Dra Simone Mamede, do Instituto Mamede, afirma que a cada ano o número de observadores de aves participantes do evento tem crescido no MS. “Isso demonstra que a cultura da observação de aves tem envolvido cada dia mais adeptos e amantes da natureza. A participação dos sul-mato-grossenses tem contribuído não apenas para preencher lacunas do conhecimento por meio da ciência cidadã, como também tem sido instrumento de educação ambiental com o surgimento de novos agentes de conservação ambiental. Soma-se a isso, a consolidação de destinos silvestres e os novos roteiros para o turismo de observação de aves apontados pelos diversos participantes do BIG DAY. A observação de aves revela a valorização da biodiversidade e aponta caminhos para a construção de territórios sustentáveis”.

A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul trabalha o birdwatching como um importante segmento de turismo e educação ambiental e, no Global Big Day, publicou uma campanha de posts nas redes sociais para incentivar observadores de aves, fotógrafos, ornitólogos, guias de turismo e amantes da natureza a catalogar seus avistamentos.

Segundo a ornitóloga Maristela Benites, do Instituto Mamede e doutoranda em ensino de ciências na UFMS, o papel do Global Big Day, além da mobilização social e entretenimento em torno da prática naturalista que é a observação de aves, promove o engajamento social em favor da ciência. “Em 24 horas todas as pessoas participantes colaboram com informações sobre quem são e onde estão as aves em seu ambiente natural. Nessa perspectiva, movimentos e novas ocorrências de espécies são registradas pelos observadores ao redor do mundo. É o que aconteceu no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, região sul do estado. O grupo de observadores de aves registrou uma espécie que ainda não tinha sido registrada no MS, cuja distribuição está circunscrita à Mata Atlântica. A saíra-preciosa, como esta ave é conhecida, foi flagrada pela câmera de um dos observadores. Portanto, em um dia mundial de celebração de aves livres, novos registros para a ciência e para o turismo podem surpreender a todos. Os observadores de aves mobilizados pelo Avistar MS já aguardam ansiosos pelo próximo Global Big Day previsto para outubro”, ressalta.

Global Big Day 2021 no MS

O relatório de dados consolidados da participação do MS no Global Big Day (maio/21), enviado pela Dra. Simone Mamede, apontou:

  • Grupos participantes: 37
  • Participantes total: 88
  • Pessoas submetentes de listas ao e-Bird não participantes do grupo Big Day/Avistar MS: 9
  • Total de listas submetidas ao e-Bird: 65
  • Municípios envolvidos: 13
  • Locais visitados: 169
  • Espécies registradas pelo nosso grupo Big Day/Avistar MS: 259 (recorde)
  • Espécies total registradas no e-bird para o MS no dia 08 de maio: 295

Observação de aves

A observação de aves (birdwatching) já atrai milhares de brasileiros e estrangeiros para observar espécies raras com binóculo e, quando possível, fotografá-las. São mais de 1900 espécies de aves catalogadas no Brasil e em Mato Grosso do Sul é possível cerca de 650 delas vivendo livremente em ambientes rurais e urbanos. São vários os locais para a prática da atividade, como o Pantanal, Parque Nacional da Serra da Bodoquena, Parques Estaduais, região turística Rota Norte e até a capital, Campo Grande.

Mato Grosso do Sul possui ainda um diferencial para os observadores brasileiros que é a presença de duas espécies que, dentro do território nacional, só são observadas no Pantanal Sul-mato-grossense e na Serra da Bodoquena. Fora do território nacional, o rapazinho-do-chaco (Nystalus striatipectus) é avistado no Leste da Bolívia, Paraguai e norte da Argentina, e a tiriba-fogo (Pyrrhura devillei) pode ser encontrada no Chaco paraguaio.

 

Texto: Débora Bordin – Fundação de Turismo de MS / Fotos: Geancarlo Merighi

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Vicentina - MS
Atualizado às 12h45 - Fonte: Climatempo
26°
Muitas nuvens

Mín. 18° Máx. 28°

27° Sensação
19.4 km/h Vento
46.3% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Sexta (25/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias