Quarta, 23 de Junho de 2021 11:16
Covid-19 PANDEMIA

Sem a possibilidade de abrir leitos, infectologista prevê “tragédia” em MS

Crise sanitária avança no Estado, com colapso do sistema de saúde e mais de 6 mil infectados no mês de junho

04/06/2021 10h38 Atualizada há 3 semanas
465
Por: REDAÇÃO Fonte: Mariana Moreira/ correio do estado

Com o sistema de saúde público e privado em colapso, altos índices de internação por coronavírus e 292 pacientes à espera de leitos clínicos e de unidades de terapia intensiva (UTIs) ontem, Mato Grosso do Sul vive o pior momento já visto na pandemia. 

Para o infectologista e pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Julio Croda, os próximos dias de feriado prolongado serão de “tragédia”.

“Tanto o gestor de Campo Grande Marcos Trad, maior cidade do Estado, quanto o governador Reinaldo Azambuja não querem seguir a recomendação técnico-científica de lockdown estadual”, reiterou o pesquisador. Conforme Croda, apenas Dourados restringir a mobilidade urbana a serviços essenciais não resolve o problema de contágio e mortes por Covid-19 em MS.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, não existe a possibilidade de abrir mais leitos em Mato Grosso do Sul por falta de estrutura física e recursos humanos. 

“O único caminho para controlar a pandemia é com a colaboração da população que ainda insiste em descumprir o que recomendamos há um ano e meio”, ressaltou.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Vicentina - MS
Atualizado às 12h05 - Fonte: Climatempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 18° Máx. 28°

25° Sensação
18.9 km/h Vento
50.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Sexta (25/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias