dengue
tv1
maus tratos

VÍDEO: idoso amarra cachorro em lixeira e o espanca em MS; caso revolta moradores

As imagens são fortes e a polícia investiga o crime

13/01/2019 19h14Atualizado há 1 ano
Por: Redacao
Fonte: topmidianews
2.373
Foto: Reprodução Vídeo via JP News
Foto: Reprodução Vídeo via JP News

Vídeo de um idoso espancando um cachorro amarrado a uma lixeira, com um pedaço de madeira, em Paranaíba, caiu nas redes sociais e revoltou moradores da cidade ao leste de Mato Grosso do Sul. O animal grita e apesar de uma pessoa pedir para acabar com as agressões, o suspeito segue com as pancadas.

Conforme o JP News, o caso teria ocorrido na rua Sebastião de Palma, no Jardim Primavera. Primeiro, o idoso da um chute no animal. Na sequência pega um pedaço de madeira e o atinge pelo menos cinco vezes.

Por várias vezes o cão tentou fugir, mas estava preso a uma coleira e ficou sujeito ao espancamento. Assim que termina de judiar do animal, o suspeito pega a moto e entra para a residência.  

Nas redes sociais o que ficou registrado foram indignação e revolta.

''Sem comentários. Só revolta, já que não temos justiça. Fica por isso mesmo ou pior'', escreveu um internauta. Outro publicou: ''Não entendi o porquê desse cachorro estar amarrado em fronte a casa deste estúpido''.

Conforme o JP News apurou junto a uma integrante da Associação Amigos dos Animais, diante da repercussão do caso, o suspeito se apresentou, prestou depoimento e foi liberado. Ele teria se comprometido a não mais agredir o animal.

O animal já está sob a guarda da AMA. O caso é investigado pela Polícia Civil.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Vicentina - MS
Atualizado às 17h36
32°
Muitas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 24°
36°

Sensação

15.9 km/h

Vento

55.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
telefome uteis
anuncie aqui
dourados agora
Municípios
Últimas notícias
donadela
Mais lidas
preto