titas
dengue
PREVIDÊNCIA
Bolsonaro define que militares participarão de reforma da Previdência
A reforma da Previdência, uma das principais metas da equipe econômica do governo Bolsonaro, deve incluir também os militares (Reprodução/Folhapress)
31/01/2019 12h43Atualizado há 3 meses
Por: Redacao
Fonte: yahoo noticias
2.090
foto: arquivo
foto: arquivo

A reforma da Previdência, uma das principais metas da equipe econômica do governo Bolsonaro, deve incluir também os militares. Rogério Marinho, o secretário da Previdência, afirmou na última semana que a decisão de Jair Bolsonaro é de que toda a sociedade deve “entrar no processo”.

“Existem no Brasil pessoas que conquistaram privilégios e têm dificuldade de abrir mão desses privilégios. Mas o presidente determinou que todos têm que contribuir. Todos os segmentos. Ninguém vai ficar de fora”, indicou, destacando que a reforma “vai levar em consideração todos os segmentos da sociedade brasileira”, indicou.

O secretário também explicou que nos últimos dias, governadores de pelo menos oito estados ofereceram apoio à reforma e detalharam a situação fiscal de seus estados.

“As finanças públicas se deterioraram e também teve uma deterioração gradativa dos serviços públicos. Governadores passaram a ser gestores de folha de pagamento. O presidente Bolsonaro quer uma reforma com justiça social. É importante que essa rede de proteção social seja preservada. Quem tem menos, contribui menos e quem tem mais, contribui proporcionalmente mais. Nosso sistema é injusto e insustentável”, declarou.

De acordo com Marinho, o projeto da reforma da Previdência deve ser apresentado até o final de fevereiro no Congresso. “O parlamentar vai se sentir confortável em votar o projeto que diz respeito a todos os estados e municípios da Federação. O sentimento que os governadores têm é de que não é possível adiar a necessidade de fazer uma nova previdência no pais”, apontou. ;;;;;

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Site desenvolvido pela Lenium