Sábado, 23 de Janeiro de 2021 09:28
67999851200
Brasil VACINA

Vacina do Butantan: eficácia é de 78% em casos leves e 100% em graves

Vacina do Butantan: eficácia é de 78% em casos leves e 100% em graves

07/01/2021 14h46 Atualizada há 2 semanas
2.710
Por: Redacao Fonte: Tainá Falcão e Anna Satie, da CNN em São Paulo

O Governo de São Paulo divulgou nesta quinta-feira (7) que a vacina Coronavac, que está sendo produzida pelo Instituto Butantan e que teve pedido de compra enviado pela prefeitura de Campo Grande, tem eficácia de 78%. Os resultados foram apresentados no fim desta manhã e o Governo paulista afirma que pedido de uso emergencial da vacina já foi feito à  (Agência Nacional de ).

A expectativa é que a campanha de vacinação se inicie no fim do mês de janeiro em São Paulo, mesma data já cogitada pela prefeitura de Campo Grande.

A vacina contra a  é desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Campo Grande já encaminhou ao instituto pedido de compra de 347 mil doses. A prefeitura aguarda o retorno do Butantan, que deve com

Além da prefeitura, o Governo do Estado também já protocolou intenção de compra junto ao Butantan para aquisição 1,7 milhão de doses, que garantiria imunização de 850 mil pessoas. 

Na prática, se uma vacina tem 78% de eficácia, isso significa dizer que 78% das pessoas que tomam a vacina ficam protegidas contra aquela doença. A taxa mínima recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e também pela  é de 50%.

 

No pré-calendário definido pela Prefeitura, a primeira remessa com 121.736 doses deve chegar ainda em janeiro de 2021,104.345 em fevereiro e 121.736 em março de 2021. Em nota, a Prefeitura afirma que aguarda resposta do Butantan.

“O município ainda aguarda devolutiva do Instituto Butantan para disponibilização de 347 mil doses. A expectativa é de que a vacinação comece ainda este mês”, disse.

Se o contrato for formalizado, o serviço de aplicação da vacina e os insumos, como seringas e agulhas, devem ser de responsabilidade da Prefeitura. O município deve manter a parceria com o  no contrato do Plano Nacional de Imunizações. O grupo de prioridade será de idosos e profissionais que estão atuando na linha de frente de combate ao coronavírus durante a pandemia.

Coronavac, vacina encomendada pela prefeitura de Campo Grande, tem 78% a 100% de eficácia
 CoronaVac. (Foto: Divulgação/ Instituto Butantan)

O Plano de Imunização estadual de São Paulo prevê o início da imunização para 25 de janeiro.

Eficácia da Coronavac em casos leves foi de 78%, informou governo de São Paulo
Eficácia da Coronavac em casos leves foi de 78%, informou governo de São Paulo
Foto: CNN (7.jan.2021)

O governador João Doria (PSDB) aproveitou a fala de Dimas Covas para pedir à agência reguladora que mantenha sua autonomia e não ceda a pressões para desacelerar o processo. 

"Que em nenhum momento [a agência] pense em atender a qualquer tipo de pressão ideológica ou de qualquer tipo para prejudicar a velocidade imperativa de oferecer a essa vacina a oportunidade de salvar vidas", declarou. 

O estado espera que 9 milhões de pessoas sejam imunizadas nessa primeira etapa, com a aplicação de 18 milhões de doses até o fim de março. A prioridade será para profissionais de saúde, pessoas com 60 anos ou mais, grupos indígenas e quilombolas.

Dimas Covas disse que, até o momento, não foi observada nenhuma diferença entre a eficácia em idosos e em pessoas mais jovens. 

A divulgação dos resultados já havia sido adiada duas vezes. Inicialmente, dados preliminares seriam anunciados em 15 de dezembro, mas o Butantan julgou que já havia números suficientes para anunciar o resultado final e adiou para o dia 23 do mesmo mês. 

Daquela vez, a divulgação foi postergada novamente, citando limitações contratuais. A farmacêutica Sinovac teria pedido mais 15 dias para unificar os dados de eficácia dos testes clínicos em outros países. 

No Brasil, a Coronavac foi testada em 16 centros de pesquisa clínica em sete estados e no distrito federal, com cerca de 13 mil voluntários, no total.

No último dia 30, chegou a São Paulo o sexto e último lote do imunizante. No total, quase 11 milhões de doses da vacina já foram entregues ao estado, além de insumos para produção nacional. O Butantan espera produzir 46 milhões de doses no total. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Vicentina - MS
Atualizado às 10h09 - Fonte: Climatempo
26°
Muitas nuvens

Mín. 22° Máx. 31°

27° Sensação
8.8 km/h Vento
59.5% Umidade do ar
90% (11mm) Chance de chuva
Amanhã (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Segunda (25/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias